But if I seem to act unkind... It's only me, it's not my mind. That is confusing things.

domingo, 28 de setembro de 2008

Pequenos Milagres

Ontem eu assisti uma peça incrível: Pequenos Milagres, da companhia mineira de teatro Grupo Galpão. Linda, com ótimos textos e atores muito bons. As soluções de cenários eram impressionantes, tudo bem simples mas ao mesmo tempo de uma elaboração sem igual. E os efeitos sonoros?! Muito bem feitos também. Na cena dos soldados (da história que mais gostei), o clima de guerra ficou mesmo no ar. A trilha tinha músicas encantadoras. Enfim... É sempre prazeroso sair satisfeita do teatro.


Amanhã eu apresentarei minha monografia de Design de Interiores, que foi feita em parceria com Júlio Gonçalves. Um cara que não tem noção do quanto que fez por mim. Talvez ele tenha, mas o significado emocional disso não cabe em um gibi (expressão de tiazona, mas é bem assim mesmo). Agora é só esperar tudo dar certo! E vai dar.

Agora é só esperar tudo dar certo! E vai dar. ;)

domingo, 14 de setembro de 2008

Let the sunshine... let the sunshine in!!

The sunshine in!

Porque quando eu me sinto feliz eu não consigo escrever direitinho, aí eu preciso de uma música, de uma imagem, de uma cor amarela, bem forte e radiante. Porque o post passado foi um equívoco, e este é mais certo. Todo mundo disse que tudo ia ficar bem, tudo vai ficar, tudo tá ficando bem.

Sabe aquela parte, daquela música... "But I'm just a soul whose intentions are good. Oh Lord, please don't let me be misunderstood."?! Então... É bem por aí!

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Pressão.

A gente paga pelos nossos erros, pelas escolhas erradas, por não ser perseverante. Eu pago por ser assim, relaxada. Pra quê fazer hoje se posso fazer amanhã?! Pra quê começar agora se tem tanto tempo ainda pela frente?! Eu queria aprender a lutar. A ser mais forte do que a irresponsabilidade. A parar de crer que tudo vai dar certo, porque nem tudo vai dar certo se eu não fizer por onde para que dê certo.

Cavei um buraco muito tortuoso por quatro anos, que não tô conseguindo tapar. Me perdi no tempo, perdi a mim no tempo, fiquei por lá perdida e tô me achando agora. Será que ainda dá tempo de recuperar tudo?! Será que recomeçar pode ser considerado realmente recomeçar... Do zero, faz sentido? Do zero, vale a pena?!

Isso aqui é sobre Design de Interiores. Porque talvez eu não conclua o curso. Porque eu não entendo nada direito...