But if I seem to act unkind... It's only me, it's not my mind. That is confusing things.

domingo, 20 de julho de 2008

Imagine me and you... I do...


Salvei essa antes que ele excluísse do Orkut... Essa foto é de 2005, o ano mais feliz que tive até aqui. Como sinto saudades e como me fazia bem. Com ele eu aprendi que a pessoa pode ser amada de uma maneira muito sincera e linda. Com ele eu tive os melhores momentos. Gostaria que ele conseguisse lembrar de tudo também... Nossa amizade está abalada, por causa do "conflito de interesses", como me disse Lulu. Se um dia algo no universo sorrir de novo pra nós dois, serei a pessoa mais feliz do mundo. Eu não tenho vergonha de admitir que eu amo, mesmo sem ser correspondida, não tenho... Porque o que eu sinto é puro e verdadeiro, eu sei. Mas só o tempo vai me mostrar o que é certo pra mim. Daqui pra lá, eu quero me descobrir, e descobrir felicidade e sorrisos das mais variadas formas. Eu preciso ser feliz...


Maresia


O meu amor me deixou
Levou minha identidade
Não sei mais bem onde estou
Nem onde a realidade

Ah, se eu fosse marinheiro
Era eu quem tinha partido
Mas meu coração ligeiro
Não se teria partido

Ou se partisse colava
Com cola de maresia
Eu amava e desamava
Sem peso e com poesia

Ah, se eu fosse marinheiro
Seria doce meu lar
Não só o Rio de Janeiro
A imensidão e o mar

Leste oeste norte e sul
Onde um homem se situa
Quando o sol sobre o azul
Ou quando no mar a lua

Não buscaria conforto nem juntaria dinheiro
Um amor em cada porto
Ah, se eu fosse marinheiro...